01/06/2013

Hidratante babosa





Hidratante, babosa não deve ser aplicada pura nos fios

Você já deve ter visto diversas vezes em embalagens de xampus e condicionadores a palavra aloe vera. Essa substância nada mais é do que a babosa, um potente hidratante muito usado na fabricação de cosméticos. Mas aquela história de aplicar o líquido da babosa direto no cabelo não tem comprovação científica.

O médico dermatologista e presidente da Sociedade Brasileira do Cabelo, Valcinir Bedin, desaconselha usar a planta diretamente no cabelo porque dessa forma não há como saber se a quantidade e a concentração do princípio ativo aplicado são as ideais.  “Aplicar a planta diretamente no couro cabeludo não deixa o fio mais forte ou sedoso”, diz.

Segundo o médico, para que esses produtos tenham efeito sobre a cabeleira é preciso extrair o princípio ativo em processos farmacológicos e laboratoriais e a partir dessa etapa incorporar essas substâncias às fórmulas de xampus e condicionadores.

Para justificar a crença popular repassada por avós e mães de que o gel da babosa direto no cabelo faz bem, Valcinir Bedin busca explicação na história da medicina. Ele lembra que, no início da civilização, as plantas e ervas eram só o que havia para fazer chás e infusões e tratar topo o tipo de doenças, o que reforça o mito.

Planta da saúde e beleza

Conhecida como a “planta da saúde e beleza”, a babosa tem seu uso documentado desde o Egito antigo. A planta hidrata profundamente por ser um umidificador eficaz. O extrato retirado tem capacidade de penetrar nos fios, fechar cutículas e dar brilho à cabeleira. É ótima, mas nada de colocar direto nas madeixas.



Canarinho Press

Terra